Terça, 14 Maio 2019 09:25

Agricultores familiares do RN recebem apoio da Fundação Banco do Brasil Destaque

Escrito por Jane Rocha
Avalie este item
(0 votos)

Portal  Coafarn
Iniciativa beneficiou 2,2 mil cooperados de oito municípios do Estado

Dois mil e duzentos agricultores familiares associados à Cooperativa Central da Agricultura Familiar do Rio Grande do Norte (Cooafarn) foram beneficiados com o apoio da Fundação Banco do Brasil. O investimento proporcionou o fortalecimento do processo de comercialização de alimentos como frutas, verduras, legumes, queijos e mel produzidos por dez cooperativas filiadas de oito municípios do Estado: Chapada do Apodi, Mossoró, Serra do Mel, Jaçanã, Pureza, Severiano Melo, Assu e Umarizal.

Para contribuir com a melhoria das vendas dos agricultores potiguares foram adquiridas uma envasadora industrial a vácuo para embalar os alimentos e dois climatizadores para conservar temperatura e melhorar a apresentação do produto nas feiras da região. A parceria também permitiu a contratação de consultoria e a produção de materiais gráficos para divulgação da produção dos agricultores em todo o Estado.

Em 2017, a Fundação Banco do Brasil investiu cerca de R$ 70 mil em apoio e fortalecimento a comercialização, com compra de equipamentos de escritório como notebooks, impressora e sistemas de gestão. O primeiro investimento, no valor de R$ 161 mil, aconteceu em 2016 para contribuir com o fortalecimento do processo de comercialização das cooperativas singulares filiadas à cooperativa.

A diretora-financeira da Cooafarn, Fátima Torres, explica os benefícios que a parceria trouxe para os agricultores rurais. “A aquisição dos equipamentos permite melhor conservação e apresentação dos produtos aumentando as vendas. Se conseguimos vender, conseguimos aumentar a renda e melhorar o impacto na economia dos cooperados”, agradece.

A divulgação da produção dos agricultores em todo o Estado também trouxe benefícios para os cooperados. Os produtos, que antes eram vendidos apenas nas feiras dos municípios, agora também são comercializados em Natal. “Nosso mercado ampliou. Não atuamos somente no interior do Estado. Também fornecemos nossos produtos em feiras da capital além de instituições como a Marinha do Brasil, Exército Brasileiro e Universidade Federal do Rio Grande do Norte”, comemora.

Ler 42 vezes

Deixe um comentário

Certifique-se de preencher os campos indicados com (*). Não é permitido código HTML.